Postado em 26 de Fevereiro às 20h38

Consumidor 4.0: você está pronto para atendê-lo?

Informação (9)
  • Blog Raffinato -

Na evolução digital, o termo 4.0 está diretamente ligado ao conceito de algo futurista, que está baseado na imaginação e nos desejos das pessoas. Dito isso, podemos entender que, ao falar do Consumidor 4.0, estamos dizendo que, os novos clientes da era digital, possuem características bem específicas, com aspectos relevantes no que diz respeito ao nível de exigência, facilidade de acesso à informação e também pela presença nos meios digitais (redes sociais e afins).

Ou seja, de uma forma bem direta, quando pensamos em satisfazer um Consumidor 4.0, não podemos apenas vender um produto. Mesmo que seja interessante, não basta apenas entregar algo, é preciso conquistar e envolver este cliente usando os meios e plataformas certas para tal.

Evolução do Consumidor

Desde os tempos do Consumidor 1.0, o Marketing vem estudando e elaborando estratégias a fim de orientar as empresas para que estas pudessem se posicionar de forma correta e eficiente no mercado, utilizando as ferramentas disponíveis para se tornarem mais visíveis e atraentes aos olhos das pessoas.

E nessa evolução, é importante destacar que os comportamentos, hábitos e demandas dos consumidores de cada época sempre foram diferentes. Além disso, a forma como os negócios eram feitos também passou por sua evolução, sempre é claro, acompanhada do Marketing. Se pensarmos que estamos falando hoje de Consumidor 4.0, fica fácil entender que também estamos vivendo a era do Marketing 4.0.

Em cada evolução, o consumidor tinha suas características mais marcantes. E para entender mais o conceito de 4.0, vamos voltar lá no início e elencar os principais pontos de cada perfil.

Consumidor 1.0: buscava sempre a solução através dos produtos, sem se importar com valor agregado. Ele se importava com o fim, e não com os meios. Para as empresas, não havia necessidade de segmentação, a sociedade era vista como um todo. A relação empresa/consumidor começava a acabava na venda do produto.

Consumidor 2.0: Nessa época, inicia-se a corrida na conquista ao cliente. Esse período de aumento significativo da concorrência trouxe diversos benefícios ao público: aumento nas opções e queda de valores. Mas um ponto importante deste período foi a forma como o público reagiu a esta concorrência. Se haviam mais opções no mercado, qual escolher? A partir daí, o consumidor passa a ser mais exigente e o Marketing tem importante papel no posicionamento e valorização de marca das empresas.

Consumidor 3.0: Nesta fase, muita próxima da realidade atual, o consumidor passa a ser mais exigente, tanto na questão de segmentação do mercado quanto na valorização por parte das empresas. As empresas não estão mais lidando com clientes, e sim com consumidores, que passam a exigir maior importância e buscam aquela sensação de pertencer mais às marcas. Em resumo, o Consumidor 3.0 deixa de ser apenas um comprador e passa a fazer parte de todo o processo.

Consumidor 4.0: Bem parecido com o anterior, o Consumidor 4.0 carrega todas as características de exigências, necessidade de se sentir parte dos processos e comprometido com o posicionamento das marcas. Porém, tudo isso, com um grande detalhe a mais: o mundo digital. Esse público, além de não aceitar tudo o que é imposto pelas marcas, ainda mantem-se conectado aos movimentos das empresas através das redes sociais. Por exemplo, em tempos de comprometimento com as questões ambientais, o que as marcas estão fazendo em benefício do mesmo? Além disso, o consumidor não quer mais apenas ouvir, e sim ser ouvido. É por isso que se faz de fundamental importância a existência de canais digitais para que estes consumidores possam expressas suas opiniões, críticas, avaliações e que também possam tirar suas dúvidas de forma rápida e direta.

Até existem estudos que apontam a existência do Consumidor 5.0, narrando que sua prospecção se dará através dos cinco sentidos humanos, sendo também chamados de Neoconsumidores.

E a sua empresa, tem acompanhado essa evolução? Talvez você seja recente no mercado, mas fica a questão: seus negócios já se encaixam na demanda do consumidor 4.0? Agora que você conhece um pouco mais sobre o comportamento do consumidor, que tal anotar algumas dicas que nós temos para que sua empresa possa melhorar ainda mais no envolvimento com seu público? Vamos lá!

É preciso se adequar

Primeiro e talvez mais importante de tudo é fazer parte deste mundo 4.0. Com tantos conceitos e mudanças, a insegurança pode aparecer, mas você deve superá-la. Aproxime-se do seu consumidor. As pessoas querem fazer parte do processo da sua empresa, por isso é importante ouvi-las e buscar saciar seus desejos através de serviços e produtos. Crie canais digitais de interação, crie campanhas que necessitem da participação das pessoas. Faça com que elas sejam importantes para o dia a dia do seu negócio.

Atendimento é tudo

Em pleno século XXI, ter um atendimento de excelência não é mais um diferencial. Pode até parecer um puxão de orelha, mas prezar por um atendimento ao público de qualidade é o que separa sua empresa do sucesso ou do fechamento das portas. Mas quando a gente diz atendimento de excelência, não significa apenas atender bem, de forma padrão. É preciso atender cada consumidor de acordo com o que ele sente, do que ele procura. Ouça seu cliente, entenda ele e solucione seus problemas.

Reforce seus canais digitais

Use e abuse dos meios digitais que a evolução da tecnologia nos proporcionou. Redes Sociais, sites, e-mail marketing, e-commerce. Estas são exemplos de boas ferramentas que você pode utilizar, tanto para chegar até seu cliente como para manter a relação com ele. Quanto mais presentes você estiver e mais opções oferecer, mais bem visto será pelos consumidores.

Valor de marca

Totalmente o contrário dos tempos do Consumidor 1.0, o valor de marca hoje é amplamente significativo. Então, agregue valor, não venda apenas produtos, venda conceitos. Por exemplo, dentro de seu restaurante, não ofereça apenas um cardápio com comidas e bebidas, entregue ao seu cliente uma verdadeira experiência de gastronomia, repleto de sabores, harmonizações, estilos de alimentação, indiferente de qual o porte da sua empresa.

Interação com o público

Como dito aqui várias vezes, as pessoas não querem mais ser apenas ouvintes. O consumidor 4.0 está aí exigindo participar. Ele quer dar sua opinião, fazer sua crítica, colaborar. E não apenas por fazer, quando uma empresa abre espaço para isso, ela cria um vínculo com seu público. Afinal, se você disponibilizar meios para interação com seu público, você passará a entender as verdadeiras necessidades dos consumidores, passando a entregar um produto e serviço final que combine com cada um deles. E isso te levará a conquistar cada vez mais espaço e admiração dos consumidores.

Entender o comportamento do consumidor e agir conforme seus desejos passou a ser uma necessidade básica para a atuação e até mesmo a sobrevivência das empresas. Nos tempos passados as empresas praticamente determinavam o que o consumidor “precisava”. Hoje, vemos um cenário totalmente adverso: são os consumidores que criam as necessidades para as empresas. Não adianta oferecer algo que as pessoas não querem. Não é eficaz vender apenas uma vez. É preciso criar relações, aproximar as pessoas e satisfazer aquilo que elas buscam.

Assim como a evolução trouxe um consumidor mais exigente e um mercado em constante expansão, também trouxe ferramentas e estratégias que auxiliam no entendimento dos processos e comportamentos, possibilitando que o seu negócio possa sempre acompanhar as demandas. E aí, que tal contar com a Raffinato para estar preparado e conquistar ainda mais o Consumidores 4.0?

Raffinato
Pronto para servir

Veja também

Ministério do Turismo libera linhas de crédito fácil para bares e restaurantes13/05/20 No total, R$ 5 bilhões serão disponibilizados para os estabelecimentos e demais empresas do turismo, setor mais atingido pela crise. . Empréstimo fácil para bares e restaurantes (além de outras empresas da área do turismo, como agências e guias), com juros de menos de 1% ao mês e até 12 meses de carência para pagar. O anúncio de novas......
Entenda mais sobre o Bloco X11/10/20 Antes de explicarmos o funcionamento do Sistema do Bloco X, é fundamental contextualizar sobre as regras estabelecidas para sua emissão. No ano de 2020, em Santa Catarina, passou a vigorar a determinação de que todos os......

Voltar para Novidades

© 2020 Todos os direitos reservados